O que fazer quando o carro atola?

A importância da capacitação de operadores e manutenção das máquinas durante as colheitas
30 de julho de 2017
Conheça as 10 maiores cidades do Mundo
30 de julho de 2017

O que fazer quando o carro atola?

Estamos em época de chuva, e o mês de março ainda é conhecido como “enchente de São José”, um período que os mais velhos diziam que cai muita água, ou seja, muita lama. E lama claro causa algo chamado: atolamento. Quem nunca passou pelo constrangimento de “afundar” o pé em um buraco cheio de lama? Ou de entrar numa rua ou estrada não asfaltada e ter o carro preso pela lama?

O que é e por que acontece o atolamento?

Atolamento é quando as rodas de um carro perde o movimento. Ele é causado porque a lama faz com as rodas patinem no sulco (buraco) que este aberto naquele determinado local, e assim elas se afundam fazendo com que não seja possível sair do lugar, principalmente se o carro estiver muito pesado, ai que atola mesmo.

E como evitar o atolamento?

A maneira ideal é ter muito cuidado, quando dirigir por estradas de terra no período chuvoso, fique atento às marcas de pneus e siga por elas, afinal de contas se alguém passou ali e não atolou você também não vai. Evite por exemplo acostamentos e andar nas margens.

Outro ponto é manter a velocidade reduzida, pois a maioria dos “atoleiros” de lama fica coberto por água, o que impede a visibilidade dos buracos, da profundidade deles e da quantidade de lama que estão neles, então mantenha a segunda marcha quando avistar a possibilidade de atoleiro.

Como sair de um atolamento?

Se você não conseguiu seguir as duas dicas acima, e infelizmente caiu na lama não se desespere primeiro saiba que quanto mais você acelerar mais irá atolar, porque a roda fica girando em falso, já que não tem nenhuma superfície para fazer atrito com ela.

Outro fator é pedir para que todos saiam do veiculo e também fazer a retirada de tudo que puder ser peso extra.

Tente escavar o máximo possível em torno da roda, retirando assim o excesso de lama, e assim preencher os espaços e o sulco com pedras, terra, areia, tábuas, e se não tiver nada use os tapetes de borracha do próprio veiculo.

Agora é a hora de tentar sair do buraco, mas como sempre pedimos que tenha calma, não acelere demais, porque se não vai acontecer o que já dissemos você poderá deslizar e assim não conseguir sair do atoleiro.

Se estiver com pessoas, ou a estrada e rua for movimentado, vale a pena pedir ajuda, afinal de contas a união faz a força e com certeza poderá desatolar.

E caso nada funcione, é ter paciência e chamar o guincho.

Ou seja, tenha prudência e paciência nos períodos chuvosos, não ande em alta velocidade e fique bem atento nas estradas e ruas não asfaltadas.

Gostou?

Compartilhe com todos!

No próximo post vamos falar sobre a importância da capacitação de operadores e manutenção das máquinas durante as colheitas.

× FALE COM A GENTE!