Você sabe escolher o lubrificante industrial mais adequado para sua operação?

Como a água surge no óleo diesel?
29 de julho de 2017
Pastilhas de Freio: quando trocar?
30 de julho de 2017

Você sabe escolher o lubrificante industrial mais adequado para sua operação?

Fazer mais por menos com certeza é um dos maiores desafios que enfrentamos em nossas vidas, seja pessoal ou mesmo profissional, aumentar a produtividade e reduzir os danos se tornam grandes máximas para nós!

Vale a pena relembrar, afinal de contas já falamos da importância de fazer boas escolhas e corretas para o óleo lubrificante porque ele é para o motor o que o sangue é para nosso corpo, é o óleo lubrificante que reduz o atrito entre peças, evita as corrosões e desgastes etc.

Parece ser simples né, basta seguir o manual do fabricante e escolher o óleo recomendado, mas infelizmente não é tanto assim, porque o mercado oferece uma variedade muito grande de produtos, e com tudo isso escolher o fornecedor e marca é tão importante quanto seguir o manual do fabricante.

Você pode conferir também em nosso blog:

O percurso do óleo no carro

Óleo lubrificante: Posso misturar?

Então vamos lá, uma das primeiras coisas a checar é sobre seu equipamento, ver qual a recomendação do fabricante sobre seu lubrificante. E como pode acompanhar em outro post nosso, existe sim vantagens do óleo lubrificante sintético.

Um óleo lubrificante contem 95% de óleo base e somente 5% de aditivos.

É do refino do petróleo que vem os óleos minerais e são compostos de pequenas frações dos hidrocarbonetos, e com isso, são classificados como parafínicos, aromáticos ou naftênicos.  Por serem obtidos por frações e partículas, eles são mais baratos, portanto mais atrativos, porem o maior ponto fraco do óleo mineral é na sua carbonização nas sedes de válvulas e cabeçotes do motor, porque ele sempre vai exigir aditivos para prevenir problemas.

Os especialistas apontam que as graxas consistem de óleos base lubrificantes que são misturados com espessante para formar uma estrutura sólida.

Clique aqui e conheça nossa linha de graxas

Além do que a pasta contém óleo base, aditivos e partículas sólidas lubrificantes, e as ceras lubrificantes são compostas por hidrocarbonetos sintéticos, água e um agente emulsionante, o que a faz ficar fluida quando determinada temperatura é alcançada.

É fundamental ter consciência das normas mais que imprescindíveis no momento de escolher o óleo lubrificante do seu veiculo, que são:

  • Viscosidade
  • Índice de viscosidade
  • Densidade relativa
  • Ponto de fulgor
  • Ponto de combustão
  • Ponto de mínima fluidez
  • Resíduos de carvão

E mais ainda estar atento as normas de classificação da indústria:

  • SAE (Society of Automotive Engineers / Associação dos Engenheiros Automotivos) que define a classificação do lubrificante relacionada à viscosidade do óleo.
  • API (Americam Petroleum Institute / Instituto Americano de Petróleo) que cria e desenvolve a linguagem apropriada para o consumidor relacionado aos termos de serviços.
  • ASTM (Americam Petroleum Institute / Instituto Americano de Petróleo) que cria e desenvolve a linguagem apropriada para o consumidor relacionado aos termos de serviços.

O que significam as siglas nas embalagens de óleo lubrificante?

Afinal de contas fazer a escolha certa implica em ganhar mais desempenho da viscosidade para temperaturas baixas ou altas, ter a diminuição da perda de vapor, reduzir o atrito entre os componentes do veiculo, por consequência causar a redução de desgaste, ganhar a eficiência aprimorada, também estabilidade química, mais resistência a problemas de borras de óleo e claro um maior intervalo de lubrificação, o que irá causar economia financeira em todos sentidos.

Mas o que devo realmente levar em consideração na hora da compra?

O maior requisito da escolha com certeza é a viscosidade, porem também se deve levar em consideração se a velocidade da operação é variável ou fixa, os tipos específicos de atrito, se é, por exemplo, por deslizamento ou mesmo rolagem, não esquecer de levar em consideração as condições de carga e do ambiente e claro as normas industriais conforme falamos mais acima.

Veja aqui o novo lançamento PETRONAS: Syntium com tecnologia CoolTehc

Nós da TECLUB trabalhamos somente com a melhor linha de lubrificantes para seu veículo, conheça clicando aqui.

Lubrax

Petronas

Texaco

YPF | ELAION

Yamalube

Incol – Lube

Fort – Oil

Gostou do nosso texto?

Compartilhe com todos!

Caso tenha dúvidas, deixe seu comentário!

No próximo post vamos falar vamos trazer dica cultural, uma parceria da Petrobras que leva filmes a preços populares em 20 cidades.

× FALE COM A GENTE!