O percurso do óleo no carro

As vantagens do óleo lubrificante sintético
9 de maio de 2014
Vamos falar de Estrelas Além do Tempo
8 de fevereiro de 2017

O percurso do óleo no carro

A cada matéria por aqui, você confirma que ter um automóvel envolve muitos cuidados. Esses cuidados são necessários para manter e até estender a vida útil do seu veiculo. Já sabemos que o desgaste do motor vem com a má utilização e falta de cuidados, principalmente em não seguir as recomendações dos manuais de instruções dos fabricantes de nossos veículos, e claro, você já leu em outros textos do nosso blog sobre a importância do sistema de lubrificação do motor do seu veiculo:

– Escolhendo óleo lubrificante para o seu motor

– Vai trocar o óleo? Troque o filtro também.

– Quais os filtros de um veículo?

– As vantagens do óleo lubrificante sintético

– Prolongue a vida do seu motor

Então já está mais que claro que você precisa ter atenção redobrada a essa parte, afinal de contas esse é o sistema que fica responsável pela preservação da vida dos componentes do motor de combustão interna do veiculo.

Vamos relembrar um pouco?

O óleo tem quatro funções básicas:

  1. Lubrificar
  2. Diminuir o atrito das peças e componentes
  3. Manter a temperatura e ajudar na conservação e limpeza
  4. Vedar as peças e componentes.

O que é um sistema de lubrificação?

O funcionamento do sistema de lubrificação do motor é de forma bem simples se partirmos então dos princípios da mecânica hidráulica, ou seja, ele precisa realizar o processo do óleo em um ambiente fechado e proporcionar a distribuição deste em todas as partes que geram atrito e calor, para assim evitar o desgaste dos mesmos.

Esse sistema é parte integrante do motor, é de importância vital para o funcionamento dos componentes mecânicos moveis. Ele também é conhecido como um acessório que ajuda o motor a funcionar e conta com poucos componentes, e que você pode conhecer clicando AQUI.

Que tal conhecer um pouco do percurso e funcionamento do óleo em seu carro?

Então vamos lá…

Então é preciso entender que o sistema de lubrificação por cárter por exemplo, são baseados na a gravidade, ou seja, a bomba leva óleo para o inicio do motor, dai ele vai se espalhar e sair pressurizado, escorrer e voltar para o cárter por meio de dutos e galerias projetados para isso. A lubrificação vai depender essencialmente da fluidez do óleo, e, portanto se ele não fluir corretamente (entupimento, sujeira, corrosão), o seu motor poderá ser seriamente afetado.

Olha só que fantástico é esse processo:

E você também pode ver NESSE vídeo.

E quais são os tipos sistema de lubrificação?

São 5 tipos e você pode encontrar no seu manual de proprietário a indicação do seu tipo e consultar mais detalhes por aqui:

  1. Sistema de lubrificação por salpico
  2. Sistema de lubrificação por pressão
  3. Sistema de lubrificação por projeção
  4. Sistema de lubrificação por mistura
  5. Sistema de lubrificação por cárter seco

Mas e o que acontece quando não damos a manutenção necessária no sistema de óleo lubrificante?

Todos sabem dos danos causados em nosso corpo pelo acumulo do “colesterol” em nossos órgãos né? É mais ou menos a mesma coisa que acontece com nosso veiculo.

É importante termos em mente que as consequências de não trocar o óleo, ou mesmo usar um óleo fora da especificação do fabricante pode ter resultados catastróficos para seu motor.

Outra coisa que temos que ficar atentos é com a limpeza das partes, por se não for eficaz, vai acontecer por causa do acumulo de óleo “velho”, ele vai impedir a passagem do óleo novo, então de nada adianta “colocar mais”.

Quando ele sai de fábrica ele é assim:

Mas sem os devidos cuidados ele acabará assim:

Ou seja, para evitar tais percas, e conseguir manter a vida do motor longa (mesmo com o uso da quilometragem e desgaste natural), é a manutenção preventiva e a troca de óleo e filtros.

Gostou de saber sobre isso?

Na próxima vamos falar sobre a coleta do lubrificante usado, e em breve voltamos com mais informações e detalhes sobre a manutenção preventiva.

 

 

× FALE COM A GENTE!